Buscar
Youtube Instagram

Notícias

04.08.2017 - 08:51

Eu valorizo a VIDA! Nossa cultura é de paz

Para marcar a memória do dia 04 de agosto, o sindicato inicia campanha contra a violência. Nesta sexta-feira (04), a convocação é para que todos(as) profissionais da educação vistam-se de branco
|
Compartilhe:

Agosto começa trazendo a lembrança da violência, mas também da resistência para os professores de Campo Grande. No dia 04 de agosto de 2015, os profissionais da educação da REME (Rede Municipal de Ensino) lotavam mais uma plenária da Câmara Municipal de Campo Grande, cobrando apoio dos parlamentares na defesa do cumprimento do Piso 20h por parte da prefeitura. Naquela data, os professores estavam prestes a completar três meses da maior greve da história da categoria.

No entanto, entre os manifestantes grevistas, muitos assessores e servidores públicos se infiltraram para provocar tumulto. A sessão acabou com a mais lamentável das cenas: guarda civil municipal à paisana agredindo professores.

Naquele dia, a educação pública apanhou... E as feridas ainda estão abertas!

Hoje, dois anos depois, a lembrança da violência sofrida ainda ecoa entre os professores, agora com contornos ainda mais pesados. O cenário atual, com tristes notícias de violência, crimes hediondos, barbaridades sendo praticadas contra nós e entre nós, cidadãos campo-grandenses, trazem a repulsa e a incompreensão aos nossos pensamentos e emoções.

Violência, de qualquer natureza, não pode ser banalizada. Precisamos lembrar para encarar. Mas, acima de tudo, é urgente valorizar a vida; reconhecer na outra pessoa o valor de si mesmo(a); compreender que as feridas provocadas, uma a uma, em cada ser desse planeta, deixa cicatrizes em todos e, dessa forma, assumir a responsabilidade de promover uma cultura da paz. A educação é um importante caminho para alcançarmos uma sociedade mais generosa, que priorize a pessoa humana e promova o respeito na sua totalidade.

Neste 04 de agosto, os trabalhadores das escolas públicas de Campo Grande vestem branco pela paz. A ACP convoca os profissionais da educação, os estudantes, a sociedade para a luta. Lutar pela valorização da vida, da educação e por um mundo onde prevaleça o amor, a liberdade e a tolerância, para suplantar o ódio, a violência, a crueldade e a covardia.

Tag3 - Desenvolvimento Digital