Buscar
Youtube Instagram

Notícias

13.09.2018 - 14:20

Eleições 2018 - Debate da Fetems conta com a presença de cinco candidatos

Ao longo de 2h30, os aspirantes ao governo do Estado apresentaram suas ideias e propostas para a educação. O atual governador Reinaldo Azambuja não compareceu
|
Compartilhe:

A Fetems – Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul realizou, na desta quarta-feira (12), o debate eleitoral 2018, com os candidatos ao governo do Estado. Humberto Amaducci (PT), João Alfredo (PSOL), Júnior Mochi (MDB), Marcelo Bluma (PV) e Juiz Odilon (PDT) estiveram na sede da Federação, discutindo e apresentando suas propostas para a educação estadual. O atual governador e candidato e reeleição, Reinaldo Azambuja havia confirmado presença, porém não compareceu ao debate.

Cerca de 500 trabalhadores(as) em educação, convidados dos movimentos sindicais e sociais acompanharam as 2h30 do debate mediado pelo presidente da CNTE, professor Heleno Araújo. O debate eleitoral é tradicional um compromisso democrático do movimento sindical da educação. Em Campo Grande, no período de eleições municipais, a ACP realiza o mesmo evento. Quando as eleições são estaduais e nacionais, a Fetems chama os candidatos ao debate.

“A ACP, Fetems e todos os sindicatos da educação desempenham um importante papel na democracia. Seja por meio de nossas lutas em defesa da educação pública e da classe trabalhadora, seja estimulando a cidadania e o exercício democrático por meio das eleições. Os nossos debates eleitorais já são eventos tradicionais em nossa prática democrática e a categoria entende como de fundamental importância essa oportunidade de ouvir as propostas e informar aos pretensos candidatos ao comando do Executivo Estadual quais são nossas lutas e bandeiras”, afirma o presidente da ACP, Lucílio Nobre.

Além de apresentar suas propostas, cada candidato recebeu um documento da presidente em exercício da Fetems, Sueli Veiga, contendo as reivindicações da categoria para a educação pública estadual. “Entendemos que é papel da Fetems e continuaremos empenhando valorosa participação e contribuição na defesa da educação pública de qualidade social e da valorização dos seus profissionais”, afirmou Sueli.

Além das 15 propostas e posicionamentos da categoria sobre temas fundamentais à educação, o documento traz profunda análise histórica e conjuntural das lutas e conquistas dos educadores do MS e do Brasil.  “Defendemos a educação pública, de qualidade em todos os níveis, etapas e idades, de tempo e concepção integral, libertadora e transformadora cujos princípios estão consagrados na Constituição Federal e na LDB”, afirma o documento lido por Sueli, na abertura do debate.

Senadores

A Fetems ainda realizará um debate com os candidatos ao Senado Federal. O evento será no dia 19 de setembro, na sede da Federação.

Tag3 - Desenvolvimento Digital