Buscar
Youtube Instagram

Notícias

10.11.2017 - 10:18

Dia Nacional de Mobilização em defesa dos direitos

Com campanha ACP Veste Preto, sindicato denuncia e protesta contra a retirada de direitos da classe trabalhadora
|
Compartilhe:

As escolas públicas de Campo Grande vestem preto nesta sexta-feira, 10. No Dia Nacional de Mobilização em defesa dos direitos a ACP promove campanha para denunciar e protestar contra as atrocidades das Reformas Trabalhista, Previdenciária e Terceirização.

Com o mote “ACP Veste Preto”, os profissionais da educação pública usam roupas pretas e estão alertando a comunidade escolar sobre a escalada de retirada de direitos que vem tomando conta do país desde o golpe de 2016. Neste sábado, 11 de novembro, entra em vigor a Reforma Trabalhista que, somada à Lei da Terceirização e outras ações terríveis como o enfraquecimento do combate e da definição de trabalho escravo, pode “legalizar” a escravidão contemporânea no Brasil.

“Desde a aprovação da Emenda Constitucional 95, que delimita o Teto dos Gastos Públicos, o (des)governo federal vem promovendo uma série de ataques aos direitos sociais e trabalhistas, precarizando as condições de trabalho e sucateando o serviço público no país. Não podemos ficar imóveis diante desta situação. A força da população organizada, protestando é enorme, temos que sacudir as estruturas corrompidas do poder. Juntos somos mais fortes”, conclama o presidente da ACP, Lucílio Souza Nobre.

Ao longo do dia, a ACP divulgará em suas redes sociais, as ações dos educadores nas escolas públicas da Capital. Acesse e compartilhe essa luta com a #ACPvestePreto.