Buscar
Youtube Instagram

Notícias

23.04.2018 - 14:22

Conquista da ACP garante direito à vacina contra gripe, para professores

Começa nesta segunda-feira (23), o período da campanha de vacinação nacional. Profissionais da educação estão entre os grupos de risco graças à ação judicial da ACP
|
Compartilhe:

Para receber a imunização contra o vírus Influenza A H1N1, a partir desta segunda-feira, os professores devem apresentar o holerite e o cartão do SUS, na unidade básica de saúde.

Essa é a mais uma conquista da ACP, que em 2016 acionou a justiça em uma ação coletiva para cobrar a aplicação da legislação vigente que assegura o direito aos trabalhadores da educação (Lei Municipal nº 5.225/2013 e Lei Estadual nº 4.575/2014). As leis incluem no grupo de risco os profissionais da educação básica das redes estadual, municipal e privada de ensino.

“Muito se debateu, em 2016, sobre a inclusão dos educadores nos grupos de risco. Tivemos a ocorrência de vários casos e até registros de óbito de professores em MS. Vale ressaltar que a iniciativa da ACP foi pioneira para garantir aos profissionais da educação o direito de serem imunizados e, já em 2017, nos tornamos grupo de risco na campanha nacional de vacinação”, explica a secretária jurídica da ACP, professora Maria Aparecida do Nascimento.

Lucílio Nobre, presidente da ACP, destaca o papel do sindicato de guardião de direitos. “Essa foi mais uma grande conquista da categoria, na luta em defesa do cumprimento de leis que protegem os trabalhadores da educação. Muito nos alegra ver que às vésperas de completar 66 anos, a ACP segue desempenhando sua missão fundamental de zelar pela garantia de direitos”, conclui Nobre.


Tag3 - Desenvolvimento Digital