Buscar
Youtube Instagram

Notícias

18.09.2017 - 16:11

“ACP vai à escola” visita escolas rurais de Campo Grande

Seguindo com o objetivo de visitar todas as unidades escolares públicas de Campo Grande, o presidente e a vice-presidente do sindicato, Lucilio Nobre e Zelia Aguiar, estiveram nessa segunda-feira (18), nas escolas Oito de Dezembro, Isauro Bento Nogueira, e Pólo Francisco Cândido de Rezende
|
Compartilhe:

Seguindo com o objetivo de visitar todas as unidades escolares públicas de Campo Grande, o presidente e a vice-presidente do sindicato, Lucilio Nobre e Zelia Aguiar, estiveram nessa segunda-feira (18), nas escolas da Zona Rural: EM Oito de Dezembro, EM Isauro Bento Nogueira, e EE Pólo Francisco Cândido de Rezende.

Na visita, os diretores da ACP levaram informações sobre a luta do sindicato, a situação da política salarial do Piso 20h, nas duas redes, além de atualizações sobre a conjuntura nacional da educação e do serviço público.

“Nós entendemos que o papel do sindicato é estar à disposição da categoria para prestar todos os esclarecimentos e orientações necessárias. A diretoria não consegue estar em todos os lugares, a todo o momento, por isso fortalecemos nossos representantes sindicais. Mas, também criamos um planejamento dentro do projeto ‘ACP vai à escola’ para visitar todas as unidades neste ano”, afirma o presidente da instituição, Lucílio Nobre.

Zélia Aguiar ressalta ainda as peculiaridades dos profissionais que estão nas escolas de zona rural. “Vejamos, por exemplo, a condição dos professores aqui da Oito de Dezembro: a escola está há cerca de 130 quilômetros de distância do centro urbano de Campo Grande. Eles passam a semana toda na unidade. É quase impossível ir à ACP. Por isso, nosso trabalho hoje foi muito proveitoso”, analisa a vice-presidente.

Zélia e Lucílio acrescentam a importância do trabalho desses educadores. “As escolas de rurais têm uma realidade completamente diferente das escolas urbanas. Os alunos têm outros interesses, as demandas são outras, as dificuldades também. Se aqui as salas de aula não são superlotadas, há a questão do transporte escolar. Período de chuvas, os alunos não conseguem chegar na escola. Enfim, o trabalho desses profissionais é muito importante. Estão todos de parabéns pela dedicação e compromisso com a educação”, finaliza Lucílio Nobre.

O projeto “ACP vai à escola” já esteve em mais de 150 unidades de Campo Grande levando, informações, palestras e formação sindical. O sindicato pretende atender todas as escolas e Ceinf’s públicos do município até o fim do ano letivo de 2017.


Tag3 - Desenvolvimento Digital